Posts Tagged ‘literatura’

h1

reasons to love LDN #1

fevereiro 4, 2010

Quando você segue @LDN, @LondonNet, @ViewLondon, @TimeOutLondon e seus amigos no twitter, fica fácil saber porque as pessoas facilmente se apaixonam por Londres. Promoções, filmes e shows de graça, trocadilhos impagáveis, muita fofocagem. Mas hoje, meu motivo para amar Londres foi a descoberta do “Russell Hoban Day” (tks, @LDN!).

Imagina que no dia do aniversário do seu escritor preferido as pessoas espalham papéis amarelos com citações da obra dele pra você pegar, levar pra casa e se comprometer a espalhar pelo menos dois papéis iguais aquele no ano que vem… Agora imagine que esse escritor ainda está vivo e está vendo essa homenagem acontecer.

Tem coisa mais fofa? Tem? Se tem, alguém me conta, porque eu derramei uma lágrima furtiva só de imaginar esse senhor de 85 anos andando pela cidade e vendo um monte de folha amarela espalhadas por aí: no metrô, no café, nas paredes, na cadeira do cinema, na caixa de correio, no elevador, na porta da sua casa, no cardápio do restaurante… Tem homenagem mais linda?

Tá, eu nunca li livro algum do Hoban. Mas o que faz dessa história ainda mais bonita é que ele é um escritor de livros infantis. E são adultos que cresceram lendo sua obra que prestam essa homenagem. De novo: tem coisa mais linda?! É como se a gente espalhasse papéis amarelos por São Paulo com os dizeres “Errrrrrrr… Não fui eu!” “Pála, Mônica! Dentuça!” #musadostandup =)

Leandrumberto e Laura: caso encontrem as folhas amarelas, favor fotografar e se emocionar com as pequenas coisas da vida no meu lugar =)

h1

Era uma vez em Bloomsbury*

janeiro 19, 2010

“In or about December, 1910, human character changed”, escreveu Virginia Wolf.

Dois anos depois de o caráter humano ter sido modificado, nasceu Christopher Hill. E em tempo pós-impressionista. 1640, no entanto, ainda era uma história povoada de invisíveis.

Ai, o mundo de pernas para o ar!

Viver é um desafio à gravidade.

(*1 novembro de 2007, no meu antigo blog: Um conto em cada canto)

h1

intervalo para um merchan

maio 22, 2009

Quero dividir uma descoberta com vocês.

A Discurso Editorial, por iniciativa de um grupo de professores da FFLCH da USP, está editando o “Jornal de Resenhas” – aquele que circulou na Folha de S.Paulo entre 1995 e 2004 em parceria com a USP, Unesp, UFMG e Unicamp.

A primeira edição saiu em março deste ano e é um primor. Tem 16 resenhas assinadas por Sergio Micelli, José Murilo de Carvalho, Bresser-Pereira, Sidney Chalhoub, Heloísa Pontes e outros, analisando livros diversos. Para se ter uma ideia de como o jornal também é alimentado com resenhas de livros que não tratam diretamente de teoria social, há análises dos textos da juventude de Borges, e dos livros “Amuleto”, de Roberto Bolaño, e “O Filho Eterno”, de Cristóvão Tezza.

Em tempos em que está todo mundo comprando a Revista Serrote, o jornal é um alento: custa apenas R$ 3,00 e está a venda em livrarias e bancas de jornais. Não descobri em quais nem qual é a peridiocidade do jornal, mas dá pra perguntar no discurso@usp.br.

Ah! No site da Discurso dá pra comprar os livros que reúnem os textos que circularam na Folha. E não é caro.

Em tempo: Leandro mandou o e-mail e avisa que o “Jornal de Resenhas” está à venda na Livraria Cultura e na Martins Fontes.

h1

biblioteca sem-teto

fevereiro 4, 2009

A “História Universal da Destruição dos Livros” merece novo capítulo.

Saiba por que, aqui.