Archive for novembro \29\UTC 2012

h1

erosão

novembro 29, 2012

ela tinha um jeito simples de resolver suas dores. um quarto escuro e indierock. sofria porque podia tanto ser tudo, mas faltava tanto tempo…

agora já tinha passado tanto tempo e ela nem saberia dizer se havia conseguido ser alguma parte daquele tudo. aquela outra da vida lá atrás sorriria orgulhosa daquele seu futuro? como posso dizer que sim se, aos 15, nossos ídolos são planícies sem deformações?

ela, jovem, estava certa de ansiar ser mais. mas ingênua, não poderia saber o vazio que se cria quando se chega aqui e se constata ter vivido tantos sonhos quantos eram possíveis de serem sonhados. e ter tido tantos outros bloqueados por razões que nem sempre nos cabe controlar. e foi tudo tão fácil. ou pareceu tudo tão fácil. ou foi tudo tão natural… ingênua, não sabia o quanto machucaria ter que inventar novos traçados para continuar o desafio de ser tudo o que se pode querer ser. porque agora a vida não se resolve com quarto escuro e indierock. e o que se quer, se agora não nos falta tempo para conseguir?

e ainda há mais: melancolicamente, já descobrimos que os ídolos, como nós mesmos, são pura vossoroca.

Anúncios